Algar comunica ter identificado autor dos disparos com ameaças ao STF

27/09/2022


Mensagens foram enviadas a usuários de serviços do Governo Estadual



A empresa Algar Telecom informou ter descoberto a identidade do autor dos e-mails, com ameaças ao Supremo Tribunal Federal (STF) e apoio a reeleição do presidente Jair Bolsonaro, disparados via SMS a eleitores através do Paraná Inteligência Artificial (PIÁ), sistema de comunicação do governo estadual, ligado à Companhia de Tecnologia da Informação do Governo do Paraná (Celepar), A descoberta foi comunicada pela Celepar, por meio de nota emitida nesta manhã de terça-feira, 27 de setembro.


“Diante do exposto, conclui-se inexistir qualquer relação da Celepar com as mensagens indevidas, tendo a empresa prontamente agido para sustar imediatamente qualquer disparo irregular de SMS por parte do prestador de serviço (Algar Soluções em TIC S/A), além de comunicar o fato às autoridades policiais, à Justiça Eleitoral e ao Ministério Público Eleitoral para apuração”, diz a nota assinada pela advogada Camila Barbosa Yamana.


Nesta segunda-feira, o ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Benedito Gonçalves, determinou que empresas envolvidas ( Algar Telecom e Celepar ) no disparo de mensagens de texto com ameaças ao Supremo Tribunal Federal (STF) e apoio à reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL) apresentem esclarecimentos sobre o caso.


O ministro determinou a intimação da Celepar e da Algar Telecom S.A para que expliquem, em 24 horas, se foram interrompidos os disparos de SMS irregulares, de caráter eleitoral e/ou atentatório às instituições democráticas sob pena de multa diária de R$ 50 mil.