Assembleia debate projeto que pede fim da intolerância política

20/07/2022


A iniciativa ganhou a adesão de deputados de diversos partidos



Fim da intolerância política e promoção da tolerância democrática. É o que pede o projeto de lei 342/2022, protocolado nesta terça-feira (19), na Assembleia Legislativa do Paraná. O projeto visa criar um dia de conscientização sobre o tema e sugere o dia 9 de julho, data em que Marcelo Arruda foi assassinado em sua própria festa de aniversário, em Foz do Iguaçu, por ter como tema da comemoração o ex-presidente Lula e o Partido dos Trabalhadores (PT).


A iniciativa ganhou a adesão de deputados de diversos partidos. A proposta, caso aprovada pelo plenário, após ser analisado pelas Comissões permanentes da Assembleia, institui no Calendário Oficial de Eventos do Estado do Paraná o Dia Estadual de Luta contra a Intolerância Política e de Promoção da Tolerância Democrática, a ser celebrado anualmente no dia 9 de julho.


O texto da matéria também prevê que o Poder Executivo poderá firmar convênios e parcerias com entidades sem fins lucrativos e instituições públicas e particulares, especialmente do meio educacional, que tratem do tema para a realização de eventos, campanhas e atividades de conscientização.