Assembleia decreta luto oficial de três dias pela morte de Recalcatti

10/04/2021


Parlamentar faleceu na noite de sexta-feira, vítima de parada cardíaca



A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Paraná decretou luto oficial em razão do falecimento do deputado estadual Delegado Recalcatti (PSD) ocorrido na noite desta sexta-feira (09), vítima de parada cardíaca.


O parlamentar de 72 anos estava em seu segundo mandato no Legislativo estadual e era o presidente da Comissão de Cultura da Assembleia. O velório acontece neste sábado (10) a partir das 8h30 na Capela Vaticano. O enterro será às 13h30 no cemitério Santa Felicidade.


“Uma perda muito grande para a nossa Assembleia Legislativa e o Paraná. Um deputado exemplar, defensor dos profissionais de segurança e que vai fazer muita falta no nosso convívio no Legislativo. A todos os familiares os meus mais profundos sentimentos, disse o presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB).


No Twitter, o primeiro secretário da Assembleia Legislativa, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), lamentou a perda do colega. "Lamento muito o falecimento deputado Recalcatti, com quem partilhei um convívio fraterno ao longo de muitos anos. Para a Assembleia é uma perda irreparável. A família e legião de amigos as minhas condolências".


O Poder Legislativo estadual perdeu um grande parlamentar e amigo. Como parlamentar desenvolvia seu trabalho sempre com muita seriedade e responsabilidade! Com certeza deixou o seu nome marcado na história da Assembleia Legislativa com9 homem de bem e comprometido com as demandas do cidadão. Os meus sentimentos à família, à sua equipe de trabalho, aos amigos e a todas as pessoas que se entristecem neste momento de perda! Que Deus possa confortar o coração de todos!", disse o segundo secretário da Assembleia, deputado Gilson de Souza (PSC).


O deputado Tercílio Turini (CDN), primeiro vice-presidente da Assembleia, lamentou a morte do colega de Legislativo. "Lamento o ocorrido e desejo muito força a família. Era um grande parlamentar, atuou de forma exemplar em defesa dos profissionais de segurança do estado. Fará muita falta no nosso convívio".


O deputado do Carmo (PSL), segundo vice-presidente da Assembleia, relembrou seu primeiro encontro com Recalcatti na Assembleia Legislativa e a receptividade do colega. "Mais do que um colega deputado, Recalcatti era um amigo que a vida nos concedeu, espalhando o respeito por onde passava. Nossos sinceros sentimentos à família, à toda assessoria e aos amigos".


Líder do Governo na Assembleia, o deputado Hussein Bakri (PSD), lembrou a luta do colega de partido na segurança pública. "O Paraná perde um servidor que tinha o combate ao crime como missão de vida e um parlamentar sempre voltado à defesa do bem-estar dos paranaenses. O legado ficará para sempre na sua tão amada Polícia Civil e também na Assembleia Legislativa. Que Deus conforte a família neste momento de dor. Vá em paz, meu amigo".


O deputado Professor Lemos (PT), líder da Oposição, na Assembleia, lembrou da luta com Recalcatti em favor dos servidores públicos estaduais. "Lamentamos o falecimento do colega de parlamento, delegado Recalcatti. Estivemos juntos em diversos debates acerca da segurança pública e o funcionalismo público. Toda a nossa solidariedade aos amigos e familiares".