Athletico promete identificar torcedores envolvidos em gestos racistas contra o São Paulo

01/08/2022


Furacão diz que "está adotando medidas" e compromete-se a fornecer as imagens do estádio



O Athletico prometeu identificar e fornecer as imagens de torcedores que suspostamente fizeram gestos racistas na partida contra o São Paulo, no domingo, na Arena da Baixada, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. A Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos (Demafe) aguarda para tomar as medidas criminais. Nesta segunda-feira, o Furacão informou que "já está adotando medidas para identificar o que foi objeto de acusação e compromete-se a fornecer as imagens que têm do estádio para apuração do ocorrido pelas autoridades competentes". O delegado da Polícia Civil, Luiz Carlos de Oliveira, lamentou que o caso não foi comunicado de imediato para realizar a prisão em flagrante. Por outro lado, ele salientou que o "Athletico colabora sempre que existe um fato lamentável". A pena pode ser de um a três anos de prisão. Pedro Moreno, sobre mais uma nota padrão sobre racismo nos estádios: “Esse tipo de mensagem passa para o torcedor que o que ele fizer dentro do estádio está valendo” O São Paulo registrou um boletim de ocorrência sob alegação de que um funcionário do clube foi vítima de racismo durante o jogo. O Tricolor também relatou agressões raciais contra torcedores nas arquibancadas do estádio. No Boletim de Ocorrência, feito poucos minutos após o fim da partida, é relatado que um torcedor do Athletico fez uma série de ofensas, algumas em tom homofóbico, contra um funcionário do clube. E que, por fim, o agressor chamou a vítima de "macaco de merda". O Athletico, por fim, diz que "se verificado que houve algum ato criminoso ou desrespeitoso praticado por sócio, submeterá a questão para Câmara de Ética e Disciplina". A Arena da Baixada, inclusive, tem sido local de recorrentes atos de racismo. O lateral Samuel Santos, do Londrina, acusou um torcedor atleticano de injúria racial em uma partida do Paranaense deste ano. No final de 2021, pela final da Copa do Brasil, uma torcedora do Furacão foi flagrada em um vídeo dando risada e imitando um macaco em direção à torcida localizada abaixo do camarote.