Balé Teatro Guaíra lança primeiro curta-metragem de videodança

05/11/2021


Por meio da dança, os bailarinos ocupam áreas como coxias e bastidores



O Balé Teatro Guaíra (BTG) lançou nesta sexta-feira (05) seu primeiro curta-metragem de videodança. “Ocupando o Vazio” explora espaços do teatro que não são conhecidos pelo público. Por meio da dança, os bailarinos ocupam áreas como coxias e bastidores e trazem, de uma forma poética, novas perspectivas sobre o teatro e sobre vazios.


Idealizadora do projeto, a bailarina Paula Sousa explica que a ideia surgiu para marcar o retorno ao espaço físico do Teatro. “Após o período de isolamento social, a gente desejava ocupar o Guaíra de novo. Então pensamos que seria interessante para o púbico conhecer outros setores do teatro além do palco e da plateia”, diz.


Paula espera que os espectadores consigam seguir o fluxo da dança criada pela equipe. “Há um jogo sutil de luzes, o vídeo é uma mistura do corpo com o espaço físico, luz e fotografia”, destaca.


O curta-metragem é uma criação da bailarina Paula Sousa e tem direção de fotografia de Cayo Vieira, edição, montagem e finalização de Lívea Castro e o elenco do Balé Teatro Guaíra.


GRUPO – O Balé Teatro Guaíra, criado em 1969, é a terceira companhia pública mais antiga do país. Ao todo, nesses 50 anos, o BTG criou mais de 150 coreografias e se apresentou em 200 cidades, 17 estados e cinco países, chegando a um público de mais 1 milhão de pessoas. Atualmente, tem 23 bailarinos, contratados pelo PalcoParaná. É mantido pelo Governo do Estado.