Biden vai manter tropas no Afeganistão até a saída de todos os americanos

18/08/2021


Presidente havia determinado retirada até 31 de agosto



O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse nesta quarta-feira (18) que as tropas do seu país poderão seguir no Afeganistão mesmo após o prazo de retirada marcado para 31 de agosto, isso se ainda houver cidadãos americanos em território afegão. "Se restarem cidadãos americanos, vamos ficar para tirar todos", disse Biden em entrevista à rede americana ABC.


Em 8 de julho, Biden anunciou que iria retirar de vez os soldados e encerrar a missão militar no Afeganistão em 31 de agosto, após quase 20 anos de guerra. A partida já vinha acontecendo progressivamente há meses e era uma das promessas de campanha do ex-presidente Donald Trump que Biden deu continuidade após assumir o cargo, em janeiro.


O presidente dos EUA também afirmou, nesta entrevista à televisão americana, que era impossível imaginar um cenário para o fim da guerra de duas décadas sem um "caos". "A ideia de que, de alguma forma, havia uma forma de ter saído sem que isso resultasse em um caos não vejo como seria possível", disse o democrata.


O grupo extremista Talibã tomou a capital do Afeganistão e voltou ao poder depois de 20 anos. O presidente fugiu de Cabul, e o palácio presidencial foi tomado no domingo (15).