Boletim da dengue confirma mais 5.711 casos no Paraná

19/07/2022


O mosquito Aedes aegypti também é responsável, além da dengue, pelo zika e chikungunya



Dados do boletim epidemiológico nº 47, divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) nesta terça-feira (19), por meio da Coordenadoria Estadual de Vigilância Ambiental, confirmam mais 5.711 novos casos de dengue no Paraná. Não há nenhum novo óbito.


De acordo com o Informe de Arboviroses, que corresponde ao período sazonal da doença iniciado em 1º de agosto de 2021, o Estado soma, nesse período, 74 óbitos, com 126.507 casos confirmados, 14.713 em investigação e 248.788 notificações.


Dos 385 municípios com notificações, 357 tiveram casos confirmados e 315 registraram autoctonia, quando a dengue é contraída no município de residência.


O mosquito Aedes aegypti também é responsável, além da dengue, pelo zika e chikungunya. Durante este período não houve registro de casos de zika e foram indicados 32 casos de febre chikungunya, sendo nove autóctones e 21 importados.