Brasil empata no futebol, é prata no skate e bronze no judô

25/07/2021


Seleção masculina de futebol fica no 0 a 0 com a Costa do Marfim



Na manhã deste domingo, noite no Japão, o Brasil ficou em um empate sem gols com a Costa do Marfim, em jogo válido pela segunda rodada do Grupo D do futebol masculino dos Jogos Olímpicos de Tóquio. A Seleção Brasileira jogou por mais de uma hora de partida com um jogador a menos, fato que contribuiu para o resultado do jogo em Yokohama.


Kelvin Hoefler, do skate, ganhou a primeira medalha do Brasil nos Jogos de Tóquio e reforçou a expectativa que existe em torno dessa modalidade. Nas previsões mais otimistas, a delegação nacional poderá subir algumas vezes ao pódio e ter grande contribuição do skate no quadro de medalhas. Neste domingo, o skatista ficou com a medalha de prata na prova de street. Na final, ele obteve 36,15. Só ficou atrás do japonês Yuto Horigome, com 37,18.


Após conquistar a prata no skate street dos Jogos Olímpicos de Tóquio, na madrugada deste sábado, boatos surgiram de que o atleta não teria um bom relacionamento com o restante da equipe brasileira, com exceção de Pâmela Rosa. Leticia Bufoni utilizou o seu Instagram para explicar o distanciamento entre as partes, revelando que o medalhista não tem uma relação próxima com os demais.


Bronze no judô


Na manhã deste sábado, Daniel Cargnin conquistou a medalha de bronze no judô nos Jogos Olímpicos de Tóquio, na categoria de até 66kg. A vitória foi sobre o israelense Baruch Shmailov, garantida após um wasari aplicado no tempo normal.

Mais judô

O Brasil amarga mais uma desclassificação no judô dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Larissa Pimenta, na categoria até 52 quilos, acabou eliminada em sua segunda luta da competição.


Surfe


Gabriel Medina confirmou o favoritismo e está classificado para as oitavas de final do surfe nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Ele se junta ao compatriota Italo Ferreira, a quem só enfrenta em uma possível decisão de medalha de ouro. O brasileiro levou susto, mas fechou a quinta e última bateria de classificação do dia no masculino com nota 12,23, a segunda melhor performance, atrás apenas de Ítalo.


Esposa do surfista, a modelo Yasmin Brunet fez uma live no Instagram durante a bateria do bicampeão mundial e comemorou muito o resultado de Medina na estreia.


Vitória de Ítalo


A estreia do surfe nos Jogos Olímpicos veio com vitória de Ítalo Ferreira em sua bateria. O brasileiro, campeão do circuito mundial, avançou às oitavas de final sem sustos e agora torce para Gabriel Medina vencer sua bateria, ainda neste sábado, o que proporcionaria um encontro entre ambos apenas numa final.


Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima surfaram de acordo com a expectativa no dia da estreia do surfe feminino, na praia de Tsurigasaki, e avançaram às oitavas de final dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Com isso, todos os representantes brasileiros do surfe estão garantidos na próxima fase, uma vez que Gabriel Medina e Italo Ferreira já haviam se classificado mais cedo, na disputa da categoria masculina.


Silvana Lima


A surfista Silvana Lima teve uma grande estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio. A brasileira de 36 anos ficou em segundo lugar na terceira bateria feminina da primeira fase e garantiu vaga nas oitavas de final neste sábado (manhã de domingo no Japão), na praia de Tsurigasaki.