Brasil registra 1ª morte pela variante Ômicron

06/01/2022


Homem de 68 anos, com comorbidades, morava em Goiás



A Prefeitura de Aparecida de Goiânia, cidade próxima à capital de Goiás, informou nesta quinta-feira a provável primeira morte, no Brasil, de uma pessoa pela variante Ômicron do novo Coronavírus. A vítima foi um homem de 68 anos, com comorbidades como doença pulmonar crônica e hipertensão arterial. Ele tinha sido vacinado com três doses de imunizante contra Covid-19.


Até o momento, a Prefeitura de Aparecida de Goiânia identificou 55 casos da Ômicron na cidade. Segundo a administração municipal, a prevalência da variante já é responsável por 93,5% dos casos. “Perdemos um paciente vacinado, uma vida perdida em meio a milhares salvas pela imunização”, disse o secretário municipal de saúde, Alessandro Magalhães.


Até quarta, o Brasil registrava 265 casos da Ômicron, 580 possíveis diagnósticos positivos em investigação e nenhum óbito.