Brasil vence México e decide pré-olímpico com Alemanha

03/07/2021


Jogo deste domingo vale uma vaga no torneio olímpico de Basquete



A seleção masculina de basquete do Brasil está na final do Pré-Olímpico de Split. Neste sábado, a equipe comandada por Aleksandar Petrovic despachou o México por 102 a 74, avançando à decisão, que acontece neste domingo às 14h. O adversário na final será a Alemanha, que derrotou a anfitriã Croácia por 86 a 76 na outra semi. Apenas o campeão do torneio garante vaga em Tóquio.


Com 22 pontos marcados e três assistências, Benite foi o grande destaque individual da partida. Rafa Luz (12 pontos) e Alex Garcia (11) foram outros que brilharam nesta manhã (tarde na Croácia). Pelo lado do México, a grande surpresa do Pré-Olímpico até aqui, Francisco Cruz fez 18 pontos, dois a menos que Gustavo Ayon.


O México abriu 6 a 0 com cestas de Ayon, Stoll e Cruz. Os primeiros pontos do Brasil foram marcados somente aos dois minutos numa bola de três de Hettsheimeir. Apesar da cesta, os brasileiros seguiram sendo dominados pelos minutos seguintes, e, quando o México fez 10 a 3, Aleksandar Petrovic parou o jogo pela primeira vez.


O Brasil reagiu após o tempo técnico, e, aos quatro, Alex Garcia diminuiu para 10 a 8. O empate veio na sequência numa cesta de Rafa Luz. Aos seis minutos, Hettsheimeir chutou para três e virou para 13 a 10. Após a cesta, o México acordou, virando para 15 a 13. Só que o Brasil respondeu da melhor maneira, passando à frente novamente: 17 a 15. Dominando os minutos finais, o time verde-amarelo encerrou o quarto vencendo por 24 a 18.


Lucas Dias abriu o placar do segundo quarto. Pouco depois, Yago avançou e serviu Varejão, que fez 29 a 18. Aos três minutos, Benite ampliou para 34 a 21 numa bola de três. Aos quatro, Yago sofreu falta e converteu os dois lances livres, marcando 38 a 25. O Brasil seguiu dominando os minutos posteriores, e, aos seis, Benite fez 44 a 30.


Aos oito, porém, Paco Cruz diminuiu para 44 a 35, e Aleksandar Petrovic pediu tempo. O jogo continuou equilibrado após a parada, com Benite ditando o ritmo para o Brasil. Melhor para o time verde-amarelo que foi para o intervalo vencendo por 53 a 42 com direito a cesta de Alex do meio da quadra no último lance.


O terceiro quarto começou movimentado, e, com menos de três minutos jogados, o placar foi a 61 a 44. Aos quatro, Bruno Caboclo ganhou rebote e fez 63 a 44. No lance seguinte, Hettsheimeir ampliou a vantagem numa bola de três. Aos sete, quando o México buscava nova reação, Benite matou bola de três, fazendo 75 a 48.


Segundos depois, foi a vez de Caboclo chutar para três e acertar mais uma bola para o Brasil. Aos nove, Rafa Luz penetrou e marcou 80 a 55. Com uma cesta de Ayon, o México ainda conseguiu diminuir no último lance do quarto, encerrando o período com uma derrota parcial de 80 a 57.


Restavam os 10 minutos finais, e o Brasil tratou de manter a vantagem pelos primeiros minutos, pulando para 88 a 62. Aos quatro, Lucas Dias pegou rebote e marcou 91 a 62. Aos sete, Yago chutou para três pontos e marcou 97 a 72. Com a vitória bem encaminhada, Petrovic aproveitou os minutos finais para fazer experiências na equipe, lançando Georginho e Lucas Mariano.


A 36 segundos do término, Lucas Dias levou o marcador à casa dos três dígitos: 102 a 74. Sem ter mais o que fazer, o México ainda descontou com Mendez, evitando a derrota por 30 pontos de diferença. Fim de linha para a grande surpresa do Pré-Olímpico de Split, enquanto o Brasil segue em busca da vaga em Tóquio.