Cabeças humanas são deixadas em locais de votação no México

06/06/2021


Após campanha marcada por mortes, dia de votação teve registros de violência



Cabeças humanas foram encontradas em locais de votação das eleições do México deste domingo (6) em Tijuana, na fronteira com os Estados Unidos. Outras partes de corpos humanos também foram deixadas em uma das seções eleitorais e em outros pontos da cidade.


De acordo com o jornal "El Universal", a primeira cabeça foi colocada em uma caixa branca e verde durante a manhã, pouco antes do início da votação. Pela tarde, outra cabeça foi deixada em outro bairro da cidade, informou a agência EFE.


Nenhuma pessoa considerada suspeita de ter deixado as cabeças nos locais de votação foi presa ou identificada até a última atualização desta reportagem. Também não se sabe quem seriam as pessoas mortas decapitadas e se havia relação com o crime organizado na região.


O México renova, neste domingo, sua Câmara de Deputados e cerca de 20 mil cargos locais, em uma eleição marcada pela pandemia e a violência, que colocará à prova o presidente Andrés Manuel López Obrador (leia mais adiante nesta reportagem sobre as eleições mexicanas).


Em outras cidades, houve episódios de agressão a eleitores e depredação de locais de votação. Há registro de roubo de células eleitorais.


Na campanha, desde setembro, estima-se que 91 políticos foram assassinados. Desses, 36 eram candidatos ou pré-candidatos.