Candidatura de Moro é alvo de pedido de impugnação

11/08/2022


Argumento é que ex-juiz não cumpriu prazo mínimo de domicílio eleitoral



O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE/PR) recebeu um pedido de impugnação da candidatura do ex-juiz Sergio Moro (União Brasil) ao Senado. O pedido, assinado por Luiz Henrique Dias da Silva, aponta que Moro não cumpriu o prazo de seis meses antes da eleição para seu domicílio eleitoral no Paraná, porque teria se filiado ao União Brasil em São Paulo.


Moro se filiou ao partido em março, com a perspectiva de disputar a eleição por São Paulo. Mas no dia 9 de junho, a Justiça Eleitoral paulista rejeitou seu pedido de transferência do domicílio eleitoral. Ele, então, teve que voltar ao Paraná para disputar a eleição pelo estado de origem.


“E a prova de que ele teve domicílio eleitoral em São Paulo, é que sua filiação ao União Brasil foi feita pelo órgão partidário daquele município, conforme faz prova documento em anexo. Tanto é verdade o que se afirma, que certidão de filiação partidário obtida em 14/06/2022 mostra o impugnado filiado ao União Brasil no Município de São Paulo, sendo a data de filiação em 30/03/2022 e a data do cadastro em 01/04/2022”, aponta a ação.