Cohab chama inscritos para oferta de 311 imóveis

01/07/2022


As unidades comercializadas fazem parte do programa Casa Verde Amarela


Foto: Rafael Silva

Inscritos na Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) com renda acima de R$ 1,6 mil compareceram na sede da companhia nesta sexta-feira (1/7) para oferta de 311 imóveis do programa habitacional do município. A reunião para apresentação das moradias esclareceu as vantagens dos inscritos nas condições de financiamento em relação ao mercado imobiliário.


A jovem Carolina Ternes, de 25 anos, saiu da reunião animada com a chance de adquirir um imóvel próprio. Ela tem uma empresa de produtos para petshops e atualmente mora com a mãe, em uma casa em Santa Felicidade.


“Foi bem rápida a convocação, me surpreendeu porque fiz inscrição há poucos meses. Gostei das condições, é muito melhor do que comprar um imóvel no mercado, porque pela Cohab temos vantagens”, afirma ela.


Ela agendou a simulação e entrega da documentação para adquirir um apartamento no Residencial Viver Bem, conjunto de 24 unidades que está em construção em Santa Felicidade. Há também opções no Residencial Colinas do Norte, no Santa Cândida, Chácara Primavera, no Campo de Santana e Residencial Best Life, no Atuba.


“Os imóveis são oferecidos para nossos inscritos por valores bem abaixo dos comercializados pelas construtoras e imobiliárias. As parcerias que firmamos com a iniciativa privada garantem habitação de interesse social em Curitiba”, explica o presidente da Cohab, José Lupion Neto.


Subsídios

Ao estabelecer parcerias com a Cohab, as construtoras recebem incentivos que permitem a construção de um maior número de moradias e em consequência os custos para a comercialização ficam menores. Os incentivos urbanísticos do município possibilitam um maior adensamento dos condomínios de interesse social.


Além disso, as empresas parcerias também recebem incentivos fiscais, como a isenção de ITBI para a transferência da área em que será construído o empreendimento, isenção de IPTU durante o período de obras e isenção de ISS da execução da obra. Isto assegura valores finais mais acessíveis para os inscritos na Cohab.


As unidades comercializadas fazem parte do programa Casa Verde Amarela, do governo federal, que além das vantagens exclusivas oferecidas pela Cohab, garantem subsídios de até R$ 44 mil – a depender da renda familiar do beneficiado. Para facilitar ainda mais a aquisição, os inscritos da Cohab poderão contar com benefício de R$ 15 mil para ajudar a dar a entrada no financiamento, como parte de parceria com a Cohapar.


“Estamos ampliando as possibilidades de acesso à casa própria, para que mais famílias consigam sair do aluguel ou então da casa de parentes. Priorizamos os contratos em nome das mulheres, que são a base forte das famílias”, destaca o prefeito Rafael Greca.


Chance

A atendente Franciele Machado, 35 anos, mora no Cajuru, com o avô. Inscrita na Cohab há cinco anos ela já havia sido convocada outras duas vezes, mas não se interessou devido à localização dos imóveis. Desta vez foi diferente, já que ela ficou empolgada com o Residencial Best Life, no Atuba.


“Região muito boa, tem tudo próximo, comércio, serviços, equipamentos públicos, linhas de ônibus. Espero que dê certo, gostei dos valores, agora quero fazer a simulação para ver quanto ficarão as parcelas”, disse.

A Cohab tem feito as convocações por e-mail, portanto é fundamental que os inscritos mantenham seus cadastros com informações atualizadas. Desta forma vão receber os chamados para oportunidades compatíveis com sua faixa de renda.


Após a entrega da documentação e aprovação do financiamento, os inscritos assinam o contrato de aquisição, que é o documento que garante a realização do sonho da casa própria.