Coritiba perde para o Botafogo por 2 a 0

18/09/2022


Verdão do Alto da Glória segue sem vencer fora de casa no Brasileirão



O Coritiba perdeu para o Botafogo por 2 a 0 no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ) - neste sábado (17). A partida foi válida pela 27ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.


A próxima partida do Coxa é contra a equipe do Ceará, no Couto Pereira, pela 28ª rodada do Brasileirão. O confronto está definido para quarta-feira, dia 28, às 19 horas.


Para o jogo diante do Botafogo, o técnico Guto Ferreira teve o desfalque de Léo Gamalho e Adrián Martínez. O argentino levou o terceiro cartão amarelo na partida anterior e cumpriu suspensão automática. Já o camisa 9, artilheiro do Coxa, foi vetado pelo departamento médico com desconforto muscular.


A escalação inicial do Coritiba começou com: Gabriel, Nathan Mendes, Jhon Chancellor, Luciano Castan, Rafael Santos, Jesús Trindade, Bruno Gomes, Robinho, Warley, Alef Manga e Fabrício Daniel.


Durante a primeira etapa, as equipes estavam com o sistema defensivo fechado, dificultando a movimentação nas jogadas. Com o jogo truncado, Alef Manga buscava as jogadas rápidas pela lateral do campo.


Aos 19’, o goleiro Gabriel fez uma bela defesa e evitou que a equipe alvinegra abrisse o placar no Nilton Santos. O Coxa teve boa chance de balançar as redes aos 26’, com Fabrício Daniel. Na jogada, Alef Manga avançou e deu passe preciso para Fabrício Daniel, o camisa 13 finalizou com velocidade, mas a bola passou raspando na trave direita e foi para fora.


O Coritiba conseguia avançar pelas laterais e nos últimos minutos da primeira etapa chegou com velocidade e constância na área do Botafogo, mas as finalizações passavam longe da meta de Gatito.


No segundo tempo, o jogo ficou pegado. Logo com dois minutos de partida, Rafael Santos cobrou escanteio e após desvio na zaga do time alvinegro, Fabrício Daniel finalizou, mas o goleiro se esticou e fez a defesa. No rebote, Alef Manga chutou cruzado, a bola parou em Jhon Chancellor que tentou marcar o gol de carrinho, mas a bola passou raspando na trave.


Com muita velocidade, o Coxa arriscava nos contra-ataques e chegava com perigo na meta da equipe mandante. Aos 6’, após cobrança de escanteio, a bola sobrou nos pés de Alef Manga, o atacante finalizou, mas a investida explodiu no goleiro adversário.


As equipes se movimentavam com rapidez e as jogadas exigiram boas defesas dos goleiros. O Botafogo abriu o placar aos 29’, e aos 33’ ampliou o marcador marcando o segundo gol.