CPI vai questionar ex-ministro sobre negociações de cloroquina

10/05/2021


Durante a gestão de Ernesto Araújo, houve intermediação para compra do medicamento



A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid volta a se reunir nesta semana e deve questionar as negociações feitas pelo Itamaraty para a compra de medicamentos. Durante a gestão do ex-ministro Ernesto Araújo, houve intermediação para compra de insumos para fabricação de cloroquina, remédio sem comprovação científica no tratamento da Covid-19.


Segundo o jornal “Folha de S.Paulo”, Araújo usou o Itamaraty para garantir cloroquina e que telegramas e relatos mostram pedidos do ex-chanceler à embaixada na Índia. Araújo deve ser questionado na semana que vem na CPI da Covid sobre a atuação do ministério para a compra de cloroquina, de insumos e, principalmente, sobre as negociações para aquisição de vacinas.