Cristiano e Messi terminam 2021 como artilheiros de Barcelona e Juventus

28/12/2021


Atletas não jogam mais pelos elencos mas ainda são os maiores goleadores




O ano de 2021 marca uma das maiores mudanças para o futebol em todos os tempos: Cristiano Ronaldo está de volta ao Manchester United, após boa temporada na Juventus, da Itália; e Messi sai do Barcelona depois de 20 anos jogando pelo mesmo clube catalão, e vai a caminho do PSG, atuar ao lado de Neymar pela segunda vez na carreira.


Para os atletas, o início de um ciclo com novos desafios e oportunidades. Para Juve e Barça, um mundo rodeado de complicações e reconstrução.


Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!


A Velha Senhora tenta se levantar no Campeonato Italiano, mas ainda assim pôde passar em primeira colocada em seu grupo da Liga dos Campeões.


No caso do clube catalão, uma queda drástica na fase de grupos da Champions e segurando-se como oitavo colocado em La Liga.


Ligados a essa má fase, os elencos italiano e espanhol não conseguiram demonstrar grande futebol após as saídas de CR7 e Messi, o que fica ainda mais evidente quando os dois maiores do planeta, os quais não atuam mais por estes elencos, ainda são os artilheiros dos clubes do ano de 2021. Cristiano anota 20 tentos marcados pela Juve entre janeiro e agosto, enquanto o argentino possui 28 gols.


Atrás de Cristiano Ronaldo vem Morata, com 17, e seguindo Messi está Griezmann, que também não atua mais pelo clube de Barcelona. Visivelmente, os dois clubes enfrentam muitas complicações e deixam claro a falta de um jogador que represente o elenco.