Curitiba lança editais para a área cultural

15/04/2021


Todos os editais fazem parte das ações da Prefeitura de Curitiba para diminuir os efeitos da pandemia no setor cultural


Foto: Cido Marques

A Fundação Cultural de Curitiba abriu nesta quarta-feira (14/04), às 18h, as inscrições para o Edital de Fomento à Produção e Difusão Digital – Multiáreas, no valor de R$ 2 milhões, e lançou, para consulta pública, o Edital de Ações Culturais Afirmativas, no valor de R$ 400 mil.


Os recursos fazem parte da verba de R$ 3 milhões liberadas no início deste ano pela Prefeitura para o Fundo Municipal da Cultura. Outra parte dos recursos – R$ 600 mil – ficarão reservados para o edital do Carnaval de 2022, a depender dos futuros protocolos de prevenção da pandemia de covid-19.


“Estamos, mais uma vez, viabilizando o fomento à economia criativa que brota na área cultural. Apoiar a cultura é exaltar as pessoas de quem somos herdeiros, por meio de sua memória e suas tradições, e as que virão depois de nós”, observou o prefeito Rafael Greca. Ele autorizou a publicação dos atos nesta quarta-feira (14/4), em rápida solenidade, realizada com os protocolos de segurança sanitária, no Salão Brasil do Palácio 29 de Março.


"O lançamento de novos editais contribui para minimizar os impactos da pandemia junto aos trabalhadores da cultura e fomentar a produção cultural em Curitiba", destaca a presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Ana Cristina de Castro.


Também participaram do ato os diretores da FCC Gabriel Paris (de Patrimônio Cultural) e Édson Bueno (de Ação Cultural), além do presidente da Liga de Escolas de Samba de Curitiba, Jéferson Pires.


Edital Multiáreas


O edital Multiáreas contempla projetos culturais inéditos em formato digital das seguintes áreas: I – música; II – artes cênicas, compreendendo teatro, dança, circo e ópera; III – audiovisual, compreendendo cinema, vídeo, internet, televisão e rádio; IV – literatura; V – artes visuais, compreendendo fotografia, artes plásticas, design e artes gráficas e tecnológicas; VI – patrimônio histórico, artístico e cultural; VII – folclore, artesanato, cultura popular e demais manifestações culturais tradicionais.


Serão beneficiados 197 projetos no valor de R$ 10 mil cada, ficando R$ 30 mil para atividades de apoio. Os projetos devem atender aos objetivos de fomento à criação, produção e difusão artística e cultural, preservação e difusão do patrimônio artístico, histórico e cultural e estímulo ao amplo conhecimento dos bens e valores culturais.


Ações Afirmativas


Para o edital de Ações Culturais Afirmativas serão destinados R$ 400 mil, contemplando 36 projetos com R$ 10 mil cada, sendo R$ 40 mil para atividades de apoio. O edital ficará em consulta pública por um período de sete dias, e na sequência, também terá suas inscrições abertas.


A proposta foi concebida para atender as demandas previstas no Plano de Governo da Fundação Cultural, nos Planos Setoriais de Cultura, de Promoção da Igualdade Étnico-racial, dos Direitos da Pessoa com Deficiência, da Diversidade Sexual e dos Direitos das Mulheres. Atende também às demandas da Assessoria dos Direitos Humanos da Prefeitura de Curitiba. Trata-se de um edital que contempla todas as áreas artísticas e culturais e permite a inclusão de projetos, artistas e técnicos cujas práticas contemplem ações culturais afirmativas.


Circos e escolas de samba


Com recursos de seu orçamento, a Fundação Cultural de Curitiba também lançará na próxima semana mais dois editais emergenciais do programa FCC Digital, para atender as áreas de circo e escolas de samba. O Edital Circo de Lona é voltado aos chamados circos tradicionais, reconhecidos por sua estrutura física composta por lonas, maquinários e equipamentos diversos para o espetáculo, enquanto o Edital de Artes Carnavalescas tem o objetivo de capacitar as agremiações que desfilam no Carnaval de Curitiba. Para os dois editais serão disponibilizados de R$ 360 mil.


Todos os editais fazem parte das ações da Prefeitura de Curitiba para diminuir os efeitos da pandemia no setor cultural. Em 2020, a Fundação Cultural lançou quatro editais emergenciais (FCC Digital I, FCC Digital II, Música Independente e Grupos Musicais), no valor total de R$ 1,1 milhão. Também foram liberados R$ 2,4 milhões do Fundo Municipal da Cultura e R$ 13,55 milhões do Mecenato Subsidiado, somando em um ano R$ 17 milhões.


Completando as ações emergenciais para os trabalhadores da cultura, a Fundação Cultural foi responsável pela execução da implementação da Lei Aldir Blanc em Curitiba. O município recebeu R$ 12 milhões do Governo Federal que garantiram subsídios para manutenção de espaços artísticos independentes e editais de fomento da produção cultural.


Serviço:

Lançamento do Edital de Fomento à Produção e Difusão Digital – Multiáreas

Inscrições: 18h do dia 14 de abril de 2021 até às 12h do dia 03 de maio de 2021.


Inscrições devem ser feitas na plataforma do Sisprofice, que pode ser acessada pelo site da Fundação Cultural de Curitiba: http://www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br/leideincentivo


Informações: paicatendimento@curitiba.pr.gov.br