Curitiba promove ações em estilo test drive para incentivar adoção de cães

04/10/2022


A partir desta semana, entram em prática os programas Lar Adotivo e Passeio para Adoção



Um “test drive” para incentivar a adoção dos animais da cidade está entre as ações que a Prefeitura de Curitiba lança na Semana da Proteção Animal, aberta nesta terça-feira (4/10), na Secretaria Municipal do Meio Ambiente. A Rede de Proteção Animal também vai reforçar a divulgação das adoções de sucesso, fazer entregas do Banco de Ração e dar início ao censo animal na cidade.


A partir desta semana, entram em prática os programas Lar Adotivo e Passeio para Adoção. No Lar Adotivo, famílias poderão levar cães previamente treinados para passar uma ou mais noites em suas casas. Quem preferir, pode levar os animais ao Passeio para Adoção, por um período mais curto, de cerca de três horas.


A participação acontece mediante o preenchimento de um formulário on-line.


Os bichinhos são do Centro de Referência para Animais em Situação de Risco (Crar) que, em especial, acolhe os cães e gatos recolhidos pela ambulância de resgate animal. Após a recuperação, eles são encaminhados para adoção.


As ações têm a parceria da UFPR. Para a secretária Marilza do Carmo Oliveira Dias, é uma união muito importante para aumentar os índices de adoção da cidade. “Essa parceria vem fortalecer o trabalho da Proteção Animal no município”, acredita.


O diretor de Pesquisa e Conservação da Fauna, Edson Evaristo, reforça que a ideia é manter os programas a longo prazo. “A adoção é um dos pilares do trabalho da Rede de Proteção, que vem trabalhando também na política de castração e educação para a guarda responsável e contra o abandono”, explica.


Outras atividades

Durante o evento desta terça, ONGs receberam vouchers para retirada de insumos pelo Banco de Ração para o mês de outubro, totalizando quase 13 toneladas. Criado em 2019, o programa já distribuiu mais de 114 toneladas de alimentos.


E o Projeto Ajudei, instituição selecionada para ajudar a abrigar os animais resgatados, assinou contrato com o município. Foi assinado também o contrato para início do trabalho do Censo Animal, que deve ser concluído em cerca de um ano, ampliando a informação sobre a população de cães e gatos em Curitiba.


Acompanharam o lançamento o superintendente de Controle Ambiental da Secretaria do Meio Ambiente, Marcos Traad; a professora de Medicina Veterinária da UFPR Rita Garcia; e as equipes da Rede de Proteção Animal e da Secretaria do Meio Ambiente.


Lar adotivo e passeio

Com foco em aumentar os números da adoção de forma responsável, a partir desta semana entram em prática os programas Lar Adotivo e Passeio para Adoção, em parceria com a UFPR e parte de uma pesquisa de doutorado da instituição.


A participação acontece mediante o preenchimento de um formulário on-line. Os interessados receberão o contato da Rede de Proteção Animal para combinar a melhor data.


No Lar Adotivo, famílias poderão levar cães previamente treinados do Centro de Referência para Animais em Situação de Risco (Crar) para passar uma noite ou várias noites em suas casas.


“Eles vão com kits com coberta, vasilhas de água e comida e ração, tudo personalizado”, conta a chefe da Rede de Proteção Animal, Sueli Sasaoka. Esse contato permitirá que a família interaja com o cão fora do abrigo, o que aumenta a chance de uma futura adoção.


Quem preferir, pode levar os animais para passeios mais curtos, de cerca de três horas, que podem acontecer todos os dias da semana, pela manhã ou à tarde. Os cães que participam são também treinados. No Passeio para Adoção, eles saem com um colete com o bordado “Me Adote”.


A idealizadora dos programas, a doutoranda da UFPR Ana Lucia Baldan, conta que o principal diferencial é trabalhar o comportamento dos cães para que eles estejam aptos a se adaptar às novas famílias. "Os interessados não correm risco de ter um animal que não sabe se comportar em casa", comenta.


O incentivo à adoção de animais é uma das frentes de trabalho da Rede de Proteção Animal do município, que já promoveu a castração gratuita de mais de 90 mil cães e gatos; além de avaliações clínicas gratuitas, com atendimentos básicos e vacinação, também em parceria com a UFPR; e a distribuição de alimentos pelo Banco de Ração.


Programação

A semana termina com uma edição especial do evento de adoção Amigo Bicho, que volta ao Parque Barigui, no sábado (8/10), das 10h às 16h, com patrocínio do pet shop Rei dos Animais, que doa a estrutura para o evento e mais duas toneladas de ração para o Banco de Ração da Prefeitura de Curitiba.