Curitiba quer reduzir pela metade as mortes no trânsito

19/09/2022


Plano da Prefeitura é alcançar o objetivo até 2030



Na abertura da Semana Nacional de Trânsito, nesta segunda-feira (19/9), o prefeito Rafael Greca falou sobre a redução de 42% no número de mortes no trânsito na última década (2011-2020) em Curitiba e das metas para os próximos anos. A cerimônia foi no Salão Brasil da Prefeitura.


“Nós vamos insistir na educação para a vida e para o trânsito. Nosso objetivo é reduzir o número de mortes em até 50% até 2030”, disse o prefeito, que fez referência também ao centenário do ex-senador e antropólogo Darcy Ribeiro, que será celebrado este ano. Ele foi um dos idealizadores do Código Brasileiro de Trânsito (CBT).


Greca destacou ainda o compromisso da gestão com projetos e investimentos que privilegiem o pedestre, o ciclista e o transporte público como protagonistas no trânsito.


“Curitiba é modelo em mobilidade no país e referência nacional em trânsito”, destacou o diretor-geral do Detran-PR, Adriano Furtado, que também falou sobre a importância de se pensar no trânsito de forma compartilhada, levando em consideração a engenharia, a educação, a saúde e a gestão de tudo aquilo que acontece no trânsito.