Curitiba remaneja doses e amplia vacinação para 54 e 53 anos

14/06/2021


Nesta nova remessa, Curitiba recebeu da Secretaria da Saúde 12.550 doses



Com a entrega de novas doses da vacina contra a covid-19 nesta segunda-feira (14/6), Curitiba avançará com a imunização de mais duas faixas etárias da população, de 54 e 53 anos completos. O atendimento será dividido por dia e idade, em qualquer um dos 17 pontos de vacinação da cidade.


Nesta terça-feira (15/6), serão vacinados moradores da cidade com 54 anos completos e, na quarta-feira (16/6), será a vez do grupo de 53 anos completos.


Para receber a vacina é preciso apresentar documento de identificação com foto e um comprovante de residência com endereço de Curitiba. Também é necessário fazer o cadastro antecipado na plataforma Saúde Já, pelo site (www.saudeja.curitiba.pr.gov.br) ou pelo aplicativo do celular.


Quantidade de doses x população

Nesta nova remessa, Curitiba recebeu da Secretaria de Estado da Saúde 12.550 doses de primeira aplicação para o grupo de 40 a 59 anos, que na capital é composto por cerca de 500 mil pessoas. A quantidade entregue corresponde a 2,4% do necessário para todo o grupo.


Nessas duas faixas anunciadas, 54 e 53 anos, são cerca de 28.688 pessoas previstas para serem imunizadas em Curitiba, ou seja, a quantidade de vacinas recebidas (12.550) não é suficiente nem mesmo completar a vacinação para uma idade completa.


Para poder abrir essas duas novas idades, a Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba usará todo o estoque destinado ao grupo de comorbidades e ainda um pouco do grupo de profissionais de saúde.


“É a única forma que temos de avançar com mais uma faixa etária, usando um pouco do estoque de outros grupos, o que obviamente, precisa ser reposto depois”, alerta Márcia Huçulak, secretária municipal da Saúde de Curitiba.


Além das doses para a população em geral, a cidade recebeu também imunizantes para primeira doses destinados pela Secretaria estadual da Saúde para os seguintes grupos (e quantidades correspondentes):


Comorbidades: 14.500

População de 40 a 59 anos: 12.550

Professores e profissionais da educação básica: 2.615

Assistência social: 1.550

Ensino superior: 6.310

Trabalhadores da limpeza: 3.140


A SMS lembra ainda que no decorrer desta semana (14 a 18/6) ocorre a vacinação de 36.800 pessoas de grupos prioritários já agendados para receber a primeira dose. São os seguintes grupos prioritários: pessoas em situação de rua, servidores da Fundação de Ação Social, professores e profissionais da educação básica, aeroportuários, profissionais de saúde, gestantes e puérperas, pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência e professores do ensino superior.


Esses grupos seguem o calendário em andamento de acordo com o estoque de doses.