Curitiba terá repescagem contínua da vacinação para crianças

19/02/2022


Saúde espera vacinar o maior número possível de crianças



Com a chegada de nova remessa de imunizantes destinados ao público infantil, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba vai manter aberta a repescagem da vacinação contra a covid-19 para crianças de 5 a 11 anos que perderam a data da aplicação.


A repescagem contínua seguirá aberta enquanto houver disponibilidade de vacinas em estoque. Caso as doses esgotem a repescagem poderá ser interrompida.


Segundo estimativa da SMS, até quinta-feira (17/2), 55,9% das crianças elegíveis para a vacinação já haviam recebido a primeira dose.


Quem já completou 12 anos, pode buscar a repescagem contínua nos pontos de vacinação anticovid para adolescentes e adultos.


Onde vacinar

O atendimento para as crianças seguirá em dez Unidades de Saúde, das 8h às 17h. Confira os endereços no site Imuniza Já na aba “Locais de vacinação”.


Orientação para a vacinação

A SMS orienta para que os responsáveis façam o cadastro prévio da criança no Aplicativo Saúde Já. Essa ação agiliza o fluxo da vacinação. Crianças acompanhadas pelo SUS de Curitiba já estão cadastradas.


No dia da vacinação é necessário que a criança esteja acompanhada de um familiar ou responsável.


Também deverá ser apresentado documento de identificação e CPF da criança, documento de identificação com foto e comprovante de residência em nome do responsável pela criança.


Recomendações

A vacina contra a covid-19 para crianças não deve ser aplicada de forma simultânea com imunizantes para outras doenças. A recomendação é de que seja dado um intervalo de 15 dias.


Crianças que testaram positivo para a doença também devem aguardar o intervalo para receber o imunizante, que nesse caso é de 30 dias após a data de início dos sintomas.


A vacinação das crianças com 5 anos e das imunossuprimidas de qualquer idade deve ser feita exclusivamente com o imunizante pediátrico da Pfizer, conforme recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária - Anvisa.


Após a liberação da Anvisa, o Ministério da Saúde incluiu no dia 21 de janeiro a Coronavac na campanha de vacinação contra a covid-19 para a faixa etária de 6 a 17 anos.