Curitiba ultrapassa 1 milhão de pessoas vacinadas

27/07/2021


Cidade contou com o trabalho de mil profissionais da saúde



Nesta segunda-feira (26/7), Curitiba ultrapassou um milhão de pessoas vacinadas com ao menos uma dose da vacina contra covid-19. Já são 1.006.836 moradores da cidade atendidos com a primeira dose ou a dose única do imunizante. No início da tarde de segunda, a notícia da chegada a esse marco corria entre os corredores dos 18 pontos de vacinação da cidade e era comemorada pelo cerca de mil profissionais envolvidos pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS) na imunização.


Desde janeiro, a cidade conta com um “batalhão da imunização”, que se dedica diariamente a promover o avanço da aplicação das vacinas, a principal ferramenta de combate ao novo coronavírus.


Até esta segunda-feira (26/7), os profissionais aplicaram ao menos uma dose em 69,3% do público-alvo (pessoas com 18 anos ou mais). A marca também significa que mais da metade da população total da cidade (51,7%) tomou ao menos uma dose.


Progressos como este indicam que a cidade está no caminho para que todos tenham completado seu esquema vacinal e renova o ânimo dos profissionais envolvidos. Nesta terça-feira (27/7), eles receberam uma mensagem de agradecimento do prefeito Rafael Greca.


"Curitiba é grata aos profissionais da saúde e a todos os envolvidos nesta logística. Meu coração de prefeito se alegra em vez mais em ver Curitiba imunizada", disse Greca.


A secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak, também destacou o trabalho das equipes para que Curitiba avance na vacinação contra a covid-19. “Esses profissionais têm mostrado grande comprometimento para que Curitiba supere esta pandemia. Nos orgulhamos da dedicação e acolhimento que demonstram em cada dose aplicada. Vamos seguir com essa dedicação para que a cidade chegue o mais rápido possível à imunização completa”, falou a secretária.


Além dos profissionais da Secretaria Municipal de Saúde na linha de frente de aplicação e organização do fluxo de pessoas, o time da imunização curitibana conta pessoas de diferentes áreas: motoristas; guardas municipais, equipes das administrações regionais e da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, além do Exército e de estagiários de faculdades e cursos técnicos.


Esse esquadrão tornou possível a vacinação não só no Pavilhão da Cura, mas também em diversos pontos da cidade, respeitando as normas sanitárias de segurança.