Curso capacita professores para o respeito à infância

19/10/2021


Sementes Centro de Formação (e transformação) ensina a colocar em prática estímulo à criatividade previsto pela BNCC



Num mundo que valoriza o protagonismo, a iniciativa e a pró-atividade, as crianças já não querem mais receber tudo pronto em seu processo de aprendizado. Esse é até mesmo um ponto destacado no sumário da Base Nacional Comum Curricular, que define assim a educação infantil: “As creches e pré-escolas, ao acolher as vivências e os conhecimentos construídos pelas crianças no ambiente da família e no contexto de sua comunidade, e articulá-los em suas propostas pedagógicas, têm o objetivo de ampliar o universo de experiências, conhecimentos e habilidades dessas crianças, diversificando e consolidando novas aprendizagens”.


Mas como colocar isso em prática num contexto escolar tradicional? Para trazer ferramentas e abrir a mente de professores e administradores de instituições de ensino, o Sementes Centro de Formação (e transformação) lança o curso “Qual o papel do professor e o papel da criança na escola da infância?”. O primeiro encontro, com aulas on-line, acontece dia 20 de outubro, às 20h (veja no serviço abaixo).


“Meu objetivo é que mais crianças sejam tocadas pelo respeito que elas merecem”, explica a pedagoga Marianna Canova, diretora do Sementes. Em sua experiência de mais de 20 anos como docente e diretora do Peixinho Dourado Berçário e Educação Infantil, de Curitiba (PR), ela promoveu uma transformação profunda nos métodos de ensino ao longo dos últimos 5 anos, com viagens pedagógicas a diversas unidades educacionais do mundo. Além de continuar aprendendo, ela quer compartilhar o conhecimento.


“Me dói quando vejo crianças que não são valorizadas com o potencial que elas têm. A escola não é um local para atrofiar, e sim para fazer desabrochar.”


Entenda o aprendizado tradicional e a educação participativa


As escolas mais tradicionais são aquelas que têm o professor como figura máxima de autoridade - mas hoje muitas querem aprender a ter uma escuta ativa e um protagonismo compartilhado entre docente e criança.


“Existe ainda um pensamento rígido, a ênfase no uso de apostilas e materiais de decoração das paredes que são criados pelos adultos, sem qualquer sintonia com o que as crianças estão vivenciando”, exemplifica a pedagoga.


O Sementes Centro de Formação (e transformação) nasceu para trazer a oportunidade de transformar esse contexto, com o objetivo de compartilhar conhecimento sobre a infância com profissionais e escolas que desejam melhorar sempre. “Tivemos um grande retorno, porque tem bastante gente querendo aprender mais e dar voz às crianças”, conta Marianna. O resultado final é a melhora das práticas pedagógicas e a passagem de um método mais tradicional para um olhar mais respeitoso da infância.


Além dos cursos on-line disponíveis a educadores de todo o Brasil, a opção de formação presencial do Sementes permite analisar as salas de aula do Peixinho Dourado, os materiais, contextos e microambientes, para todos que estão em Curitiba.


Novos grupos serão formados em breve. Para mais informações, basta seguir o Sementes Centro de Formação (e transformação) pedagógica no Telegram (https://t.me/joinchat/EizXdjMEqD44NjIx).


SERVIÇO

Curso on-line do Centro de Formação Sementes

“Qual o papel do professor e o papel da criança na escola da infância?”

Dia 20 de outubro, das 20h às 22h

Investimento: R$ 75

Inscrição:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSf_BfzaDF1lbQSkxSgBoQQMF9pFBRv_z6Sry6OJ5yGXcB6Vwg/viewform