Estradas do Paraná têm três vezes mais mortes no feriado

03/01/2022


Levantamento é das polícias rodoviárias federal e estadual



Um balanço divulgado nesta segunda-feira mostra que 25 pessoas morreram em acidentes atendidos pelas polícias rodoviárias estadual e federal nas estradas do Paraná, entre 30 de dezembro de 2021 e 2 de janeiro de 2022. Em comparação ao ano passado, as mortes tiveram um aumento de 277%. Em 2021 foram registradas nove mortes nas rodovias do Estado durante o feriado de Ano Novo.


Somadas as ocorrências das duas corporações, registradas entre 30 de dezembro de 2021 e 2 de janeiro de 2022, foram 138 acidentes (+0,7%) e 183 feridos (-7,5%). Em rodovias federais, a PRF registrou aumento de ultrapassagens irregulares. Ao todo foram 409 registros, representando mais de quatro flagrantes por hora de operação. Este tipo de ultrapassagem é a maior causa de colisões frontais, segundo a PRF.


Os agentes da PRF também registraram 124 motoristas dirigindo sob p efeito de álcool. Destes, oito foram presos. Já a PRE fez 20 notificações por embriaguez neste Ano Novo, um aumento de 186% em relação às sete ocorrências no mesmo período de 2021.