Estudantes da rede municipal retornam às aulas na segunda

11/02/2022


Escolas devem receber cerca de 140 mil crianças



Na segunda-feira (14/2), 140 mil crianças e estudantes retornam para as escolas, Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e Centros Municipais de Atendimento Educacional Especializado (CMAEEs) com aulas 100% presenciais.


A Prefeitura preparou todas as unidades para receberem os estudantes de maneira segura, com cuidados para prevenir a transmissão do novo coronavírus.


Como no ano passado, quando houve o retorno híbrido a partir de julho, o uso da máscara continua obrigatório e as unidades seguem equipadas com totens de álcool gel 70% e demais itens necessários à higienização das mãos e dos ambientes.


“Os cuidados com que estamos acostumados continuam e nossas unidades estão preparadas para garantir um retorno seguro. Lugar de criança é na escola”, destacou a secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila.


Ela agradeceu a colaboração dos profissionais da educação e das famílias ao longo da pandemia. “Somos muito gratos a todos, tivemos que nos adaptar rapidamente a uma rotina de isolamento, trabalho em casa, de videoaulas para as crianças. Foi graças ao empenho de todos, profissionais da educação, que se reinventaram e se esforçaram no dia a dia, e às famílias, que conseguimos manter o acesso à educação”, disse.


Atividades pedagógicas em casa só serão possíveis nos casos de estudantes com comorbidades ou na necessidade de isolamento por infecção com o novo coronavírus.


“A criança em situação de isolamento social receberá atividades pedagógicas para que não perca vínculo com a aprendizagem”, pontuou a secretária.


“O avanço da vacinação entre as crianças e adultos nos permite ter mais segurança”, completou Maria Sílvia Bacila.


As famílias estão ansiosas para o retorno. Fátima Guimarães Luz, mãe do Miguel, que começa o 5º ano, e do Arthur (3º ano), acredita que o formato presencial é o melhor. Os meninos estão matriculados na Escola Municipal Batel, na região central da cidade.


“No ano passado, eles ficaram no remoto quando foi necessário e, ao iniciar o híbrido, voltaram para a escola. Vejo uma diferença bem grande com o presencial, eles acompanham melhor. É difícil para as crianças ficarem paradas muito tempo em frente ao computador, ou televisão, eles dispersam a atenção rápido. Até porque aqui em casa estimulo brincadeiras lúdicas, jogos de tabuleiro, mas procuro restringir o tempo com equipamentos tecnológicos na mão. Quero que brinquem juntos”, comentou Fátima.


“O Miguel adora desenhar, adora escrever. Estão na maior expectativa para ver os amigos”, relata a mãe.


Nestas últimas semanas, todas as unidades da rede municipal têm sido preparadas para receber os estudantes, com reformas, troca de lâmpadas, reparos e a entrega de móveis novos, já iniciada no final de 2021.


No CMEI Centro Cívico, que atende 130 crianças, a sexta-feira (11/2) foi de organização dos detalhes. Os tapetes sanitizantes e totens de álcool gel já estão posicionados. A diretora Ana Beatriz Cerqueira explica que as salas de aulas também já foram organizadas. “As famílias estão bem animadas com o retorno presencial”, disse Ana.