Ex-deputado Onaireves Moura é preso pela quarta vez

15/02/2022


Moura foi condenado a 22 anos por desvios na Federação Paranaense



A Polícia Federal, por meio do Setor de Planejamento Operacional da Superintendência da PF em São Paulo, localizou e prendeu no último domingo Onaireves Nilo Rolim de Moura, 64 anos, ex-presidente da Federação Paranaense de Futebol (FPF). Ele estava foragido desde 2019.


O mandado de prisão foi expedido pela Justiça do Paraná, que condenou Onaireves a 22 anos, 4 meses e 12 dias de prisão em regime fechado, pela prática de estelionato, apropriação indébita e formação de quadrilha.


A condenação de Mouta ocorreu em junho de 2015 - junto com outras oito pessoas. Conforme a sentença, Onaireves Moura é considerado o comandante de uma quadrilha que desviou recursos da FPF. Ele presidiu a entidade de 1985 até 2007. “O réu utilizava a estrutura da federação e o prestígio que possuía frente a terceiros devido ao cargo que ocupava, para facilitar o cometimento dos crimes, atuando em diversos setores da FPF”, diz trecho da sentença.