Exposição fotográfica retrata carnaval curitibano da década de 30

18/02/2022


A mostra "Carnavais que ficaram na saudade" pode ser conferida até 14 de março


Foto: Cido Marques/FCC

Curitiba teve muitos carnavais e alguns deles, especialmente os da década de 30, estão retratados numa pequena mostra fotográfica no Farol do Saber Miguel de Cervantes, que também é um Centro Cultural na Praça Espanha onde ficam o Atelier La Mancha e a Casa da Leitura Miguel de Cervantes.


A mostra "Carnavais que ficaram na saudade" pode ser conferida até 14 de março, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. São 13 fotos, copiadas do acervo da Casa da Memória, de como era a festa popular em Curitiba na primeira metade do século passado.


“Curitiba tem tradição carnavalesca sim, tem foliões, carros alegóricos desde muito tempo e tentamos mostrar um pedacinho dessa história que é tão bonita, tão lúdica”, contou Marinil Nadolny, coordenadora do Centro Cultural Miguel de Cervantes.


A curadoria e seleção das fotos foi feita pela Casa da Memória, outro espaço da Fundação Cultural de Curitiba. Para Marinil Nadolny o carnaval é uma cultura do brasileiro, então é importante manter essa memória viva.


No começo do século XX, os foliões costumavam atirar água, farinha, frutas, legumes, ovos e até pó de mico em desprevenidos. A Rua XV de Novembro, décadas antes de ser via exclusiva de pedestres, era tomada por desfiles de carros alegóricos puxados por cavalos, organizados por familiares e associações.


Essas cenas mostram um pequeno trecho da história do carnaval de Curitiba, tradição popular que remonta ao século XIX. A exposição trata de práticas que começaram a se consolidar para a festividade por meio de pontos históricos e momentos importantes, como os desfiles de carros alegóricos dos anos 20.


Serviço Carnavais que ficaram na saudade Quando: Segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 17h Até 14 de março Local: Farol do Saber Miguel de Cervantes na Praça Espanha onde ficam o Atelier La Mancha e a Casa da Leitura Miguel de Cervantes

Grátis