Exposição no Portão Cultural celebra 43 anos de carreira de Denise Roman

08/04/2022


A grande maioria dos trabalhos pertence ao acervo do MuMA


Array-FCC

A trajetória de 43 anos de carreira da artista plástica Denise Roman será contada em mais de 100 obras reunidas em exposição no Museu Municipal de Arte – MuMA, no Portão Cultural. A mostra organizada pela Fundação Cultural de Curitiba foi inaugurada na quinta-feira (31/3).


A pandemia de covid-19 retardou a montagem da retrospectiva de Denise Roman pelos seus 40 anos de carreira e a mostra resgata, portanto, a celebração da arte desta gravurista, uma das mais criativas e talentosas artistas paranaenses da atualidade. Uma centena de trabalhos realizados nas técnicas de litografia e gravura em metal, que são as especialidades de Denise.


A grande maioria dos trabalhos pertence ao acervo do MuMA, enquanto outra parte reúne produções recentes do acervo pessoal da artista. “Para mim é uma alegria abrir essa exposição. Faz tempo que quero comemorar esse marco”, disse Denise.


Personagens de conto de fadas

A obra de Denise Roman tem uma característica muito particular. Seus personagens parecem sair de um conto de fadas, se caracterizam pela delicadeza dos traços e requinte de detalhes.


Não há quem não identifique de imediato uma obra de Denise e não se encante com as proezas de seus personagens. São tipos alegres, poéticos, que brincam e dançam, vivem em total simbiose com a natureza, compõem cenas bizarras ou do cotidiano. O cenário é lúdico, expressa um universo imaginário”, descreve o prefeito Rafael Greca, no texto de apresentação da exposição.


Denise Roman formou-se pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná em 1983 e realizou cursos de especialização em técnicas de gravura com vários artistas. Suas obras já foram vistas em exposições nacionais e internacionais, coletivas e individuais, em países como Suíça, Japão, Estados Unidos, Espanha e França. Atualmente é orientadora dos ateliês do Museu da Gravura Cidade de Curitiba, no Solar do Barão.


Uma floresta de livros


A abertura da exposição acontece com a inauguração de um mural de 5m x 3m que Denise desenhou em homenagem ao escritor Wilson Bueno (1949-2010), que dá nome à Casa da Leitura localizada dentro do Portão Cultural. A artista desenhou com giz de cera preto diretamente sobre uma das paredes da Casa da Leitura.


A imagem reúne cenas de vários personagens numa floresta lendo os livros de Bueno. Estandartes com frases do escritor perpassam toda a obra. Para complementar, pétalas de flor de paineiras foram aplicadas sobre o desenho por meio da técnica de colagem.


Denise teve oportunidade de trabalhar com o escritor, ilustrando suas crônicas no extinto jornal O Estado do Paraná e também algumas de suas obras. O processo durou cerca de quatro anos, tendo início em 2016, durante uma atividade promovida na Casa da Leitura (Um Domingo para Bueno). A obra foi finalizada em março de 2020 e estava prestes a ser inaugurada quando foi decretada a pandemia de covid-19.


Arte urbana de Guita Soifer


Do lado de fora do Museu, serão inaugurados também dois murais da artista plástica Guita Soifer. A artista criou obras especificamente para ocupar os muros externos do Portão Cultural e que serão aplicadas na técnica lambe-lambe, uma modalidade de “street art”. A artista propõe o uso do espaço aberto integrando os desenhos na paisagem urbana.


A instalação consiste na aplicação de fotografias e seguem a tendência presente em suas obras, que falam muito sobre tempo e memória. De acordo com Guita, a técnica do lambe-lambe não é apenas uma escolha estética, mas também uma característica da concepção da obra. “A sua exposição às intempéries do tempo e do clima se constitui como linguagem, e até mesmo a degradação e a intervenção pública fazem parte do processo”, explica.


Artista multimídia, Guita Soifer possui uma longa trajetória nas artes visuais paranaenses. Durante seu percurso transitou entre diversas linguagens, como a gravura, desenho, pintura, fotografia, videoarte e está sempre à procura de novos suportes para expandir seus processos de criação.


Serviço

Exposição comemorativa da carreira de Denise Roman Murais na técnica lambe-lambe da artista Guita Soifer

Local: Museu Municipal de Arte de Curitiba (Av. República Argentina, 3.430, Portão) Abertura: quinta-feira (31/3), às 18h30 Horário: de terça-feira a domingo, das 10h às 19h Entrada gratuita