Facebook mantém Trump suspenso por dois anos

04/06/2021


Ex-presidente dos EUA é o primeiro a ser enquadrado em novas regras



O Facebook informou nesta sexta-feira (4) que a suspensão do perfil do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, será mantida até janeiro de 2023. A decisão foi tomada em resposta ao Comitê de Supervisão da rede social, que, em maio, pediu uma decisão definitiva sobre o caso.


O período de dois anos conta a partir de 7 de janeiro, quando Trump foi impedido de publicar em suas contas no Facebook e no Instagram. A medida aconteceu um dia após a invasão do Congresso americano por apoiadores do então presidente.


O Facebook também apresentou novas regras que podem ampliar a remoção de posts de políticos e outras figuras públicas. Até então, a plataforma considerava as falas de políticos, por exemplo, como de interesse público por si só, sem considerar os danos que as postagens poderiam causar.


Agora, as figuras públicas estão sujeitas às regras aplicadas a todos os usuários.


Em comunicado sobre a punição de dois anos a Trump, o Facebook apresentou novos protocolos a serem seguidos em casos parecidos. A companhia passou a prever suspensões que variam de um mês a dois anos para figuras públicas que violarem regras.


"Dada a gravidade das circunstâncias que levaram à suspensão do Sr. Trump, acreditamos que suas ações constituíram uma violação grave de nossas regras que merecem a maior penalidade disponível nos novos protocolos de aplicação", afirmou o Facebook.