Gaeco cumpre busca em endereços ligados a Abib Miguel

02/09/2021


O grupo estaria atuando de diferentes formas para ocultar dinheiro



O Gaeco cumpriu nesta quinta-feira 16 mandados de busca e apreensão em investigação que apura possível associação criminosa que estaria atuando para ocultar valores pertencentes ao ex-diretor geral da Assembleia Legislativa do Paraná Abib Miguel, o Bibinho.


As ordens judiciais foram cumpridas no Paraná, em São Paulo e em Goiás. O ex-diretor geral é réu em diversas ações propostas a partir de investigações do caso que ficou conhecido como “Diários Secretos” e que apuraram desvios de recursos públicos na Assembleia Legislativa.


De acordo com apurações do MPPR, o grupo estaria atuando, a partir de diferentes formas de falsificação ou simulação, para ocultar valores oriundos de exploração agrícola de propriedades rurais pertencentes ao ex-diretor-geral que foram objeto de sequestro judicial, inclusive com determinação de perdimento por ordem da Justiça do Paraná, no âmbito das ações judiciais em que o ex-gestor é réu.