Governo Federal autoriza R$ 21,45 bilhões para ferrovias no Sul

02/09/2021


Propostas preveem dois novos segmentos no Paraná



O Sul do país recebeu boas notícias na abertura do Setembro Ferroviário, temporada de ações federais para estimular a ampliação e a modernização do modal. A movimentação de cargas pela região deve ser impulsionada com a construção de duas novas linhas férreas a partir do instrumento de autorizações ferroviárias, previsto na Medida Provisória nº 1.065/2021.


Os primeiros requerimentos de interessados em usar o mecanismo para fazer e operar ferrovias, de maneira mais célere e simplificada, foram apresentados nesta quinta-feira (2) ao Governo Federal, durante o lançamento do programa Pro Trilhos, no Palácio do Planalto. As 10 solicitações recebidas totalizam 3,3 mil quilômetros de novos trilhos, em nove estados, e R$ 53,5 bilhões em investimentos privados.


Desse total, estão previstos 571 quilômetros de novos trilhos cruzando municípios paranaenses, cujos investimentos somam R$ 21,45 bilhões. A Ferroeste apresentou propostas para construir e operar dois novos segmentos férreos no Paraná.