Impeachment de Moraes é rejeitado por Pacheco

25/08/2021


Para senador, falta “justa causa” ao pedido de Bolsonaro



O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, rejeitou nesta quarta-feira o pedido de impeachment feito pelo presidente Jair Bolsonaro contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes. Pacheco recebeu ontem parecer da Advocacia-Geral do Senado considerando o pedido improcedente por aspectos jurídicos e políticos.


Segundo o entendimento da área jurídica e do próprio senador, não haveria adequação à chamada Lei do Impeachment e, portanto, faltaria “justa causa” para acolhê-lo. “Como presidente do Senado, determinei a rejeição da denúncia e o arquivamento do processo de impeachment. Esse é o aspecto jurídico. Mas há também um aspecto importante que é a preservação de algo fundamental que é a separação dos poderes, e a necessidade de que a independência dos poderes seja garantida e que haja a relação mais harmoniosa possível”, disse Pacheco.


Bolsonaro apresentou o pedido de impeachment contra Moraes na última sexta-feira (20) mesmo sabendo que ele não seguiria adiante, conforme alertas feitos pela área política do governo.