Nova frente fria derruba temperaturas e deve trazer neve para o Sul

16/08/2022


A previsão é de chuvas intensas, rajadas de vento e queda de granizo



Após a passagem de um ciclone extratropical pela costa brasileira na semana passada, a formação de uma frente fria deve voltar a provocar queda nas temperaturas a partir desta quarta-feira, 17. De acordo com o Instituto Nacional de Metereologia (Inmet), a previsão é de chuvas intensas, rajadas de vento e queda de granizo pelos locais. Há possibilidade de neve nas serras gaúcha e catarinense.


O Centro de Gerenciamento de Temperaturas Climática da Cidade de São Paulo (CGE) informa que as condições meteorológicas ficarão estáveis pelos próximos dias na capital, e a frente fria deve chegar com mais intensidade ao município entre a noite de quinta-feira, 18, e a madrugada de sexta-feira, 19. Pelos registros do Inmet, São Paulo pode apresentar mínima de 5ºC e máxima de 17ºC neste dia.


De acordo com o CGE, a sexta terá "potencial para chuva generalizada e acentuada queda da temperatura". O final de semana deverá continuar frio e úmido para os paulistanos, segundo o centro.


Entretanto, nesta terça-feira, 16, a previsão do CGE para a capital de São Paulo ainda é de tempo ensolarado, quente e seco, com mínima de 14ºC, na madrugada, e máxima de 29ºC. No dia seguinte, quarta-feira, a máxima já cai para 26ºC e a mínima chega aos 15ºC em São Paulo. Haverá o aumento da nebulosidade, mas não é esperada chuva significativa para o dia.


A leve mudança no tempo é reflexo da frente fria que vem pelo Sul, avança pelo litoral paulista e chega à capital e às cidades do interior com força no final da semana.


Temperaturas negativas


De acordo com o Inmet, a região Sul do Brasil vai sentir os impactos da frente fria já na quarta-feira. As temperaturas poderão chegar a 10ºC tanto no Rio Grande do Sul como em Santa Catarina até o fim do dia.


A frente fria avança pelos Estados na quinta, chegando ao Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul, e atingindo também o centro do Mato Grosso e na porção sul dos Estados de Rondônia, Goiás e Minas Gerais. As regiões devem sentir fortes chuvas e rajadas de vento.


A frente fria vai persistir no Sul até o final de semana. De quinta para sexta-feira, o Inmet aponta para a possibilidade de neve entre as serras gaúcha e catarinense, sobretudo no planalto sul catarinense e nos Aparados da Serra (RS).


Na sexta, a previsão é de geadas no Rio Grande do Sul, no centro e oeste catarinense e no Paraná - o sul do Mato Grosso do Sul também pode apresentar geadas.


No final de semana, as temperaturas mínimas previstas para Porto Alegre vão variar entre 1°C e 5°C. Na região sul e oeste gaúcho, a mínima pode atingir -1°C. Na serra gaúcha, a previsão é de temperaturas ainda mais geladas: mínimas entre -6ºC e -3ºC. O planalto sul catarinense também apresenta as mesmas temperaturas mínimas da serra gaúcha. Já no Paraná, as mínimas previstas estão entre -3°C e 0°C na serra e no planalto.


Por conta da frente fria, a previsão é de que as geadas continuem, principalmente no norte do Rio Grande do Sul, centro-sul do Paraná e também na serra do sudeste gaúcho pelo final de semana. Mato Grosso do Sul e a região da divisa de São Paulo com Paraná também têm previsão de apresentar geadas no sábado. O frio começa a perder força no domingo, 21.