Paraná confirma 36 casos da varíola dos macacos

03/08/2022


Há ainda 42 casos suspeitos no Paraná



A Secretaria de Saúde do Paraná (Sesa) confirmou nesta quarta (3) mais 15 novos casos de varíola dos macacos, a Monkeypox. São 14 novos casos em Curitiba e o primeiro fora da capital: em Maringá. Agora são 36 casos confirmados no Estado, sendo 34 homens e duas mulheres.


Dezessete casos são de pessoas com 30 a 39 anos, 15, de 20 a 29 anos, e quatro, de 40 a 49 anos. De acordo com o boletim, há ainda 42 casos suspeitos no Paraná e 32 foram descartados. Há casos suspeitos em Araucária, Campina Grande do Sul, Itaperuçu, Castro, Ponta Grossa, Foz do Iguaçu, Cascavel, Loanda, Mandaguaçu, Maringá, Nova Esperança, Jaguapitã, Sertanópolis, Sertaneja, Carlópolis, Guapirama.


O aumento dos casos ocorre no mundo todo. A Organização Mundial da Saúde (OMS) confirmou mais de 7 mil registros em 60 países desde o início do surto, em maio. A Europa é o epicentro, com cerca de 80% das notificações. Até agora, foi registrada apenas uma morte provocada pela doença. Uma das principais preocupações entre todos os profissionais da saúde é a falta de informações sobre a doença e o período prolongado em que ela continua transmissível. A subnotificação também preocupa, considerando que o processo de coleta, envio e análise das amostras é lento e sem controle entre os diferentes níveis da administração pública.