top of page

Vanessa da Mata vem a Curitiba e dá o pontapé inicial na programação de MPB

25/01/2023


Os ingressos estão esgotados



Depois de uma abertura dedicada à música erudita, Vanessa da Mata e Orquestra à Base de Corda abrem a programação de shows de MPB na 40ª Oficina de Música de Curitiba nesta quinta-feira (26/1). Os ingressos estão esgotados, mas outras atrações também estarão movimentando a cidade. A música popular estará no Teatro Cleon Jacques (Memorial Paranista), com a apresentação do músico Gabriel Schwartz. O concerto Mercosul Cultural, na Capela Santa Maria, é outro ótimo programa para a noite de quinta.


Música do Mercosul


A programação de recitais e concertos na Capela Santa Maria começa com o concerto Mercosul Cultural, que tem como solista convidada a soprano argentina Jaquelina Livieri, do Teatro Colón de Buenos Aires. Jaquelina estará acompanhada do trio formado por Jairo Wilkens (clarinete), Alex Sanchez (fagote) e Clenice Ortigara (piano).


“O repertório é uma celebração da música latino-americana, com primazia dos compositores argentinos”, adianta a pianista Clenice Ortigara. O grupo apresentará obras do brasileiro Heitor Villa-Lobos, do cubano Paquito D’Rivera e dos argentinos Astor Piazzolla, Andrés Gaos, Bruno Videla e Alberto Ginastera. O concerto faz também uma homenagem póstuma a Edino Krieger, um ícone da música brasileira erudita, que morreu em 2022. De Krieger, a cantora argentina interpretará a canção “Tu e o Vento”.


Shows gratuitos no Teatro Cleon Jacques


Também na quinta-feira (26/1), às 19h30, Gabriel Schwartz dá início à série de pocket shows com entrada grátis que a 40ª Oficina de Música programou para o Teatro Cleon Jacques, no Memorial Paranista. O multi-instrumentista e cantor lança seu álbum “Solo” trazendo ao público repertório eclético, composto de composições próprias e interpretações. Entre canções e músicas instrumentais, Gabriel conduz sua apresentação construindo arranjos ao vivo e fazendo solos de flauta, saxofone, voz e violão/baixo de 8 cordas.


Na sexta-feira (27), o espaço receberá o violonista João Camarero; no sábado (28), a cantora e compositora Thais Morell; e no domingo (29), a tradicional noite de choro com os professores da Oficina. Na próxima semana, o Cleon Jacques será o palco das violas, com a apresentação de Roberto Corrêa, terá o show de Rubia Divino, encerrando com o lançamento do CD “Chico Mário em todo canto”, com Karina e Marcos Souza.


Vanessa da Mata e homenagem a Waldyr Azevedo


A cantora mato-grossense Vanessa da Mata fará uma inédita apresentação com a orquestra de cordas formada por músicos curitibanos e mantida pela Fundação Cultural de Curitiba. Com direção de João Egashira, os sucessos da cantora ganharam arranjos especiais para este concerto. No repertório estão alguns de seus maiores hits: Boa sorte, Não me deixe só e Amado.


Antes da entrada de Vanessa da Mata, a orquestra fará a estreia da peça “Um abraço pro Waldir”, escrita pela compositora Elodie Bouny em homenagem ao centenário de Waldir Azevedo, o virtuoso cavaquinista e compositor de “Brasileirinho”. Para essa celebração, a orquestra de cordas une-se à Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba e mais cinco solistas de cavaquinho: Henrique Cazes, Julião Boêmio, Marcio Marinho, Messias Britto e Nilze Carvalho.

bottom of page